Professora do UGB/FERP ministrará palestra nos Estados Unidos

27/04/2017

Neste fim de semana a professora doutora Viviane Moraes, do Centro Universitário Geraldo Di Biase (UGB/FERP), embarca para os Estados Unidos. Ela ministrará na próxima terça-feira, dia 2, uma palestra na TempleUniversity, na Filadélfia, onde abordará o tema “Educação das crianças negras no Brasil, a necessidade de uma relevância cultural” para alunos do curso de Africologia.

Viviane, que dá aula de Língua Portuguesa e preparação para o ENADE no campus Nova Iguaçu, é shenuti (líder) da Afrocentricidade Internacional no Rio de Janeiro/Brasil e trabalha desde o mestrado com as questões raciais. Como líder deste movimento, pesquisadora e doutora na área, ela é frequentemente convidada para discutir a lei 10639/03, além de também ser solicitada a falar de outros temas que tangem os direitos humanos.

A professora, também conhecida pelo nome africano Aza Njeri, já ministrou palestras na África e na Europa. Ela conta que o convite para ir aos Estados Unidos surgiu através do professor MolefiKeteAsante, da Universidade de Temple, quando ele veio ao Brasil, em julho do ano passado.

“Nós travamos um diálogo interessante. Eu tenho interesse em fazer pós-doutorado à distância com ele. Após longas conversas ele achou interessante me convidar para apresentar os dados brasileiros para os alunos da Universidade de Temple dos cursos de Africologia, Ciências Sociais, História, Filosofia e Letras”, explica Viviane, lembrando ainda que no fim de maio estará na mesa principal da Semana Pan Africanista da Universidade Federal de Vitória.

Viviane, que tem livro publicado em Moçambique,ressalta que seus estudos avançaram muito nessa área, a partir das literaturas africanas, e que a expectativa é a melhor possível para a palestra. “Acredito que o público será bem receptivo, pois eles me respeitam enquanto autoridade no assunto. Enquanto líder da Afrocentricidade no Brasil, tenho reconhecimento internacional do meu trabalho”, finaliza.