Objetivos

O objetivo do curso de Arquitetura e Urbanismo consiste na formação de profissionais generalistas, preparados para lidar com a complexidade da realidade e com a crescente especialização de diversas áreas de conhecimentos que instrumentam o arquiteto urbanista.

Atuação

As áreas de atuação do profissional em Arquitetura e Urbanismo são bastante amplas. O arquiteto urbanista poderá atuar como profissional liberal ou contratado em:

  • Escritório de arquitetura;
  • Empresas de Engenharia;
  • Edificações Industriais, Comerciais e Residenciais;
  • Paisagismo;
  • Comunicação Visual;
  • Design de Imobiliário e Ergonomia;
  • Projetos Arquitetônicos, Urbanístico;
  • Planejamento territorial e Urbano;
  • Projeto Ambiental;
  • Pesquisador em campos diversos: patrimônio histórico, tecnologias de construção com ênfase em materiais e técnicas construtivas, metodologias de projeto arquitetônico e urbanístico em áreas de interesse social, em instituições de caráter público e/ou privado.

Diferenciais

O Curso de Arquitetura e Urbanismo do UGB, se destaca com diferenciais, nos tópicos seguintes: Tradição e Qualidade do Curso; Corpo Docente com experiência no mercado de trabalho; inter-relacionamento entre Discentes, Docentes e Coordenação do Curso; Projeto Pedagógico do Curso materializado nos objetivos educativos, apresentando uma proposta curricular interdisciplinar; Matriz Curricular dinâmica; laboratórios especializados; e pela contextualização da teoria com a prática, por meio de Projetos de Extensão Curricular. 

Recursos

  • Salas de Aulas (equipadas com mobiliário próprio para as atividades práticas de desenho e projeto);
  • Laboratório de Informática com plotadoras, scanner de alta resolução e mesa digitalizadora
  • Laboratório de Tecnologia
  • Laboratório de Plástica;
  • Laboratório de Conforto Ambiental;
  • Laboratório de Computação Gráfica;
  • Sala de Audiovisuais
  • Ateliês de Projetos e Desenhos;
  • Biblioteca
  • Auditórios

Avaliação

No UGB o desempenho acadêmico é avaliado considerando-se a frequência e aproveitamento do estudante. A frequência mínima obrigatória é de 75% em cada componente curricular e a média mínima exigida para a aprovação direta em cada disciplina é igual ou superior a 7,0 (sete).

No processo de avaliação da aprendizagem há a predominância dos aspectos qualitativos sobre os quantitativos. Todas as questões referentes a 2ª chamada, Vista de Prova, Dependência, Regime Especial, Exame Final e outras particularidades da avaliação estão regulamentadas no Regimento do UGB e disponíveis no Manual do Aluno que se encontra disponível no Portal do Aluno.

Matriz

1º PERÍODO

Componente Curricular Carga Horária
APTA I – Atividades Práticas Transversais de Aprendizagem* 60
Desenho para Arquitetura I 60
Expressão e Representação da Forma I 60
História das Artes e Estética 80
Introdução á Geometria Descritiva 40
MTEP – Métodos e Técnicas de Estudo e Pesquisa 40
Português Instrumental 40
Plástica 60
SUBTOTAL 440

2º PERÍODO

Componente Curricular Carga Horária
APTA II – Atividades Práticas Transversais de Aprendizagem* 60
Composição e Modelagem Estrutural através de Modelo Reduzido 60
Desenho para Arquitetura II 60
Expressão e Representação da Forma II 60
Geometria Descritiva 60
Introdução ao Projeto 60
Matemática Aplicada a Arquitetura 60
SUBTOTAL 420

3º PERÍODO

Componente Curricular Carga Horária
APTA III – Atividades Práticas Transversais de Aprendizagem* 60
Desenho do Projeto Urbano 60
Estática 60
História da Arquitetura I 60
Informática Aplicada a Arquitetura e Urbanismo I 60
Perspectiva 60
Projeto de Arquitetura I 80
Topografia 60
SUBTOTAL 500

4º PERÍODO

Componente Curricular Carga Horária
APTA IV – Atividades Práticas Transversais de Aprendizagem* 60
Geoprocessamento 60
História da Arquitetura II 40
Informática Aplicada a Arquitetura e Urbanismo II 60
Instalações Hidrossanitárias 60
Materiais de Construção 60
Projeto de Arquitetura II 80
Resistência dos Materiais 60
SUBTOTAL 480

5º PERÍODO

Componente Curricular Carga Horária
História da Arquitetura Brasileira I 40
Instalações Elétricas e Especiais 80
Projeto de Arquitetura III 80
Projeto de Interiores I 60
Sistemas Estruturais I 60
Tecnologia das Construções I 60
Teoria da Arquitetura 60
SUBTOTAL 440

6º PERÍODO

Componente Curricular Carga Horária
Conforto Ambiental I 60
História da Arquitetura Brasileira II 60
Projeto de Arquitetura IV 80
Projeto de Interiores II 60
Sistemas Estruturais II 60
Tecnologia das construções II 60
Teoria do Urbanismo 60
SUBTOTAL 440

7º PERÍODO

Componente Curricular Carga Horária
Conforto Ambiental II 60
Estágio Curricular Supervisionado 90
Planejamento Urbano e Regional 60
Projeto de Arquitetura V 80
Projeto Urbano I 60
Sistemas Estruturais III 60
Técnicas Retrospectivas 80
Tecnologia das Construções III 60
SUBTOTAL 550

8º PERÍODO

Componente Curricular Carga Horária
Estágio Curricular Supervisionado 90
Estruturas de Aço Aplicadas a Arquitetura 60
Legislação Aplicada a Arquitetura 60
Paisagismo I 60
Projeto de Arquitetura VI 80
Projeto de Revitalização do Espaço Arquitetônico e Urbano 60
Projeto Urbano II 60
Sistemas Estruturais IV 60
SUBTOTAL 530

9º PERÍODO

Componente Curricular Carga Horária
Fundamentos Metodológicos Aplicados ao Trabalho de Curso*** 80
Estágio Curricular Supervisionado 90
Legislação Aplicada ao Urbanismo 60
Paisagismo II 60
PEC- Projeto de Extensão à Comunidade * 60
Planejamento e Controle de Obras 60
Tópicos Especiais I 40
SUBTOTAL 450

10º PERÍODO

Componente Curricular Carga Horária
Atividades Complementares** 100
Estágio Curricular Supervisionado 90
Libras  (Optativa) 40
Tópicos Especiais II 40
Trabalho de Conclusão de Curso *** 80
SUBTOTAL 350

QUADRO RESUMO

QUADRO RESUMO TOTAL
Conteúdos Curriculares 4100
Libras (Optativa) 40
Atividades Complementares 100
Estágio Curricular Supervisionado 360
TOTAL GERAL 4600


OBSERVAÇÕES:

(*) Componente curricular de natureza interdisciplinar e foco investigativo com 20 horas teóricas e 40 horas de atividade de pesquisa/extensão.
(**) Atividades Complementares desenvolvidas por meio de atividades diversas ao longo do curso.
(***) Elaboração do Projeto de Pesquisa. A Orientação de TCC pode ser computada como atividades complementares dentro da regulamentação específica para este fim.

Corpo docente

Nome Titulação Admissão
Andréa Auad  Moreira Doutora
Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFJR
01/02/2003
Isabel Cristina Castro da Rocha Doutora
Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFJR
01/04/2004
Marcello Silva e Santos Doutor
Doutorado em Engenharia de produção pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ
01/02/2013
Ana Luiza Flores Cople Mestre
Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFJR – escola de Belas Artes
03/2/2014
Bruna Mayer de Souza Mestre
Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC
03/2/2015
Flávio Luiz da Silva Mestre
Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFJR
03/5/1995
Lauro Leoncio Wagner Peixoto Mestre
Mestrado em Administração em Desenvolvimento Empresarial pela Universidade Estácio de Sá
01/8/2006
Marcus Vinicius da Silva Oliveira Mestre
Mestrado Profissional em Educação Matemática pela Universidade Severino Sombra - USS
01/2/2006
Mônica Maria Campos Mestre
Mestrado em Engenharia de Transportes pela Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFJR - COPPE
01/8/2006
Renato Yochio Betsuyaku Mestre
Mestrado Profissional em Materiais pela Fundação Oswaldo Aranha
01/02/2007
Shirley Gavião Mestre
Mestrado em Ciências Gerenciais: Gestão e Educação pelo Centro Universitário de Barra Mansa - UBM
07/3/1989
Valmir Torres de Oliveira Mestre
Mestrado em Engenharia Metalúrgica pela UFF
2015
Viviane Nayala Corner Mestre
Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFJR
01/03/2014
Wiliam Fernando Gomez Mestre
Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFJR
01/02/2012
Ana Cristina Soares Alves Especialista
Centro Universitário de Barra Mansa - UBM
01/08/2006
Carlos André Thiesen Especialista
Fundação Oswaldo Aranha - FOA
01/08/2016
Carlos Antonio de A. Baião

Especialista
Centro Universitário Geraldo Di Biase - UGB

01/02/2003
Damiana Silva Bastos de Almeida Especialista
Faculdade de Arquitetura e urbanismo de Taubaté
Denys Alves Pio Pereira Especialista
Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFJR
04/08/2014
Gisele Lacerda Lima

Especialista
Universidade Federal Oswaldo Aranha - UNIFOA

13/02/2015
Heloise Cunha Maia Especialista
Centro Universitário Geraldo Di Biase - UGB
01/02/2003
Kátia Mara Ribeiro de Castro Purcina Especialista
Especialista em Tubulação Industrial pela UCP
2016
Laura Jane Lopes Barbosa

Especialista
Universidade Federal Oswaldo Aranha - UNIFOA

13/02/2015
Lincoln Botelho da Cunha Especialista
Especialista em Metodologia do Ensino Superior pelo Centro Universitário Barra Mansa – UBM
21/2/1992
Nayara Silva de Alcantara

Especialista
Especialista em LIngua Portuguesa pelo Centro Universitário Geraldo Di Biase

01/2/2012
Paula Manoela dos Santos Especialista
Centro Universitário de Barra Mansa - UBM
03/08/2009
Rafael Nascimento de Azevedo Especialista
Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFJR
02/3/2015
Renata Fortini de Lima

Especialista
Especialista em Gestão Ambiental/Sistemas Integrado de Gestão pela Universidade Federal Oswaldo Aranha - UNIFOA

13/2/2015
Renato Itaborahy Ferreira

Especialista
Especialista em Estética Moderna e Contemporânea pelo Centro Universitário de Barra Mansa

02/2/2017
Samuel de Oliveira Bittencourt Especialista
Especialista em Arquitetura do Sistema de Saúde pelo Centro de Ensino Continuado
01/4/2008
Sandra Maria de Oliveira Pinto Especialista
Especialista em Teoria e Prática da Educação Brasileira pelo Centro Universitário Geraldo Di Biase - UGB
03/2/2014
Wendell de Paula Especialista
Especialista em Engenharia e Segurança do Trabalho pela USS
02/06/2014
Yone dos Santos Ravaglia Especialista
Especialista em Docência do Ensino Superior pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Volta Redonda
05/4/1973
Ver mais

Coordenação

Yone dos Santos Ravaglia

Arquiteta formada pela Faculdade de Arquitetura de Barra do Piraí, da FERP, em 1972 e Especialista em Docência do Ensino Superior pelo UGB – FERP, em 2000.

Email: yoneravaglia@ugb.edu.br

Telefone: (24) 3345-1700

Outros Cursos